20 - 23 março 2019

Bastião de Carmen, Colônia do Sacramento - Uruguai

Inscrições em Breve!

EILD 2016 Ouro Preto

EILD 2016 OURO PRETO

A Quarta edição do EILD aconteceu em terras brasileiras, mais especificamente na cidade de Ouro Preto, declarada Patrimônio Histórico pela UNESCO em 1980. O Encontro realizado pela AsBAI – Associação Brasileira de Arquitetos de Iluminação – contou com a presença de 280 entusiastas representados por 13 países entre eles, Chile, Argentina, Uruguai, Peru, Colômbia, México, Espanha, Portugal entre outros.

Foram 04 dias de atividades interativas onde todos puderam compartilhar uma experiência plena e livre, ao construírem suas próprias trajetórias,  leituras da cidade e dos temas abordados através de uma programação que contou com palestras, laboratórios, intervenções urbanas, exposição, cinema. Todas as atividades tinham como linha norteadora o APP-EILD2016, aplicativo desenvolvido especialmente para esta edição, que foi fundamental para a troca de experiências inovadoras e de qualidade, complementares entre si.

As palestras contaram com a presença de Charles Watson, Lonneke Gordijn, Cristina Simão e Daniele Quercia com moderação de Pascal Chautard, Douglas Leonard, Steven Rosen, Victor Palacio, respectivamente.

Durante o evento foi realizada uma mostra de projetos – PANORAMA – com objetivo de dar uma visão geral da atividade dos designers de iluminação da Ibero-América para projetos realizados entre 2014-2016.  Foram selecionados 30 projetos de design de iluminação arquitetônica, de exteriores e de interiores. Durante o evento, esta atividade foi uma exposição aberta ao público realizada na Casa dos Contos.

Com o oferecimento da AsBAI, o CINEARQ – Mostra de Cinema e Arquitetura de Ouro Preto e iniciativa da UFOP – acolheu os participantes do evento para uma sessão do documentário “The City Dark”, que reflete sobre as consequências da poluição luminosa e da sociedade 24h. O documentário seguiu de um debate entre professores, alunos e participantes do evento. O documentário também foi disponibilizado para os demais parceiros e para a população de Ouro Preto, com o objetivo de estimular a criação de um entendimento crítico sobre as consequências da iluminação urbana.

A construção do evento em sinergia com a cidade de Ouro Preto, evidente nas inúmeras parcerias com entidades e instituições, deu o tom local à experiência do Encontro, além de proporcionar as bases fundamentais para viabilização dos legados – materiais e imateriais – produzidos.

Essa foi uma edição onde a construção da experiência e relação profunda com a cidade resultou na construção de um Encontro que transcendeu a disciplina e foi além do lighting design.

SENTIDOS URBANOS

O EILD 2016 teve início com a atividade Roteiros Sensoriais, uma das ações do programa Sentidos Urbanos: patrimônio e cidadania. O programa é um ação inter-institucional,  parceria do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), com a Universidade Federal de Ouro Preto – Departamento de Turismo, Departamento de Artes Cênicas e Departamento de Jornalismo, com Fundação de Arte de Ouro Preto e com a Prefeitura Municipal de Ouro Preto – Secretaria de Educação e Secretaria de Planejamento.

Os Roteiros Sensoriais, metodologia desenvolvida pelo professor Juca Villaschi (Departamento de Turismo- UFOP),  tem ênfase na percepção sensorial e nas qualidades ambientais dos lugares de memória, com objetivo de instrumentalizar os cidadãos para atuarem como guardiões de seu patrimônio, por meio da visitação por percursos inusitados do núcleo histórico.

O EILD 2016 potencializa o alcance do programa Roteiros Sensoriais ao oferecê-lo como parte integrante do evento, para todos os seus participantes, com o objetivo de sensibilizar os sentidos e os olhares para a cidade. O objetivo do comitê organizador foi de promover o rompimento de padrões, para que o participante aprenda que, para se observar uma cidade, não basta utilizarmos apenas a visão e encontrarmos o que já era esperado, mas é preciso sentir o lugar sem o ver. Desorientar-se, perder-se e reencontrar-se. O Roteiro Sensorial reflete em suas ações e expectativas, e te ensina a ver outra vez.

7.L.I.G.H.T.Set

Foram construídos 7 espaços de luz, independentes e autónomos, para experimentação e ensaios de luz. Os temas seguiram os mesmos abordados pela atividade “Cajas de Luz”, ocorrida no EILD 2012 em Querétaro, e foi uma atividade de especial importância no âmbito dos objetivos da linha editorial do EILD2016.

Esta atividade ocorreu durante todos os dias do Encontro, em horário livre, e contou com a participação de todos os participantes, através de convocação via App EILD2016.

Os 7 designers convidados para desenhar os espaços foram:
Poética da luz: Eli Sirlin / Buenos Aires, Argentina
Espaço e percepção da luz: Alfredo García / Bogotá, Colombia
Construir sombras com a luz: Paolo Portaluri / Milano, Italia – Barcelona, Espanha
Materiais sob a luz: Margarida Bernardo / Lisboa, Portugal
Cor da luz: Diana Joels / Rio de Janeiro, Brasil
Desenhar luz com a tecnología: Salvador Islas / Ciudad de México, México
Comunicar a luz: Horácio Medina / Santiago do Chile, Chile
Coordenação e monitorização: Maria João Pinto-Coelho

Os 7.L.I.G.H.T.Set também proporcionaram monitoria a estudantes de design, arquitetura e urbanismo da UFOP e da UFMG, que ficaram imersos nos aspectos trabalhados pelo Encontro interagindo com os sete designers e os participantes, uma oportunidade única de interação e aprendizado.

INTERVENÇÕES URBANAS

Duas instalações de caráter interativo foram pensadas para serem progressivamente transformadas e efetivamente construídas com a colaboração de todos os participantes do Encontro em conjunto com a população de Ouro Preto, de forma livre e espontânea, ao longo do Encontro.

Para que isso acontecesse foi lançado uma Concurso Internacional onde foram recebidas inscrições de diversos países, tais como Brasil, Grécia, Estados Unidos, Alemanha, Chile, Colômbia, Espanha, México, Argentina e outros.

O papel das Intervenções, dentro dos objetivos gerais do EILD, foi com que as propostas que potencializassem o Patrimônio e a Paisagem presentes em Ouro Preto, ao se inspirar em dois elementos distintos: a Janela – elemento construtivo de particular importância no patrimônio construído, reflexo do próprio processo de evolução arquitetônica e urbanística da cidade de Ouro Preto e fundamental no enquadramento das paisagens singulares desta cidade; e a Ponte – objeto arquitetônico de união entre dois espaços, duas realidades, definindo-se como dinâmica, estimulando reflexão sobre a história da cidade de Ouro Preto.

O júri contou com a participação dos parceiros institucionais IPHAN MG – representado pelos profissionais André Henrique Macieira e Leonardo Barreto, e IFMG – representado pelos professores Alex Bohrer e Haroldo Paiva, além das lighting designers Diana Joels e Mariana Novaes, integrantes do Comitê EILD.

As propostas vencedoras foram Ouro Preto Collage, com autoria de Mario Alberto Pliego Muciño, e Campouro, com autoria de Macarena Meza, Marcela Carmona e Daniela Orellana, instaladas nos arredores da Igreja de Santa Efigênia e na Ponte Seca, respectivamente.

As intervenções urbanas revestem-se de especial importância como legado do EILD para a cidade de Ouro Preto uma vez foram doadas à cidade, através de sua transferência para o campus do IFMG, passando a integrar o programa Arte no Campus do Instituto. As intervenções também contaram com a aprovação e o apoio e da Paróquia da Igreja de Santa Efigênia, e das Secretarias de Patrimônio e Cultura, Meio Ambiente, e Turismo, Comércio e Indústria.

Ficha Técnica

Patrocinadores: OURO: Deltalight, Erco, Flos, Iguzzini, Lamp, Lutron, O/M, Schréder, Targetti, Trilux / PRATA: LD Studio, Light Design+Expolux, Lustres Projeto, Lux Brasil, Apex Brasil, Omega Light, Osram, Philips, Xal / BRONZE: Andretti+Led Plus, Dimlux, Eaton, ELA Expo Lighting America, E:Light, Everlight, Light Fair, Iluminar, Itaim, Lemca, Lightsource, Lumini, Luxion, Onlight, Rosco, Steluti, Lumitenzi, Tensoflex, Ventana.

Apoios e Parcerias: IFMG, Projeto Arte no Campus, IPHAN, Casa do Patrimônio, Sentidos Urbanos, Casa dos Contos, Paróquia Santa Efigênia, FAOP, CAU, ACE, AGI, APDI, AsBai, AsdLuz, DIA, IALD, IES, Masterdia, UFOP, UFMG, L+D, Iluminet, Lightecture, ArchDaily, Arco, Exper, Habitat, Lightnow, Lume, Mondo, Plataforma Arquitectura, PLD, Projeto, LED Forum, PLDC, Ci9arch.com, LightZoom, Luminica, Adop, Brimpex, Cine Vila Rica, Grande Hotel Ouro Preto, Mach Arquitetos, Portal do Hotel, SESI FIEMG, Banana Veloz, Oliva Produções.

Associação Realizadora: AsBAI – Associação Brasileira de Arquitetos de Iluminação.

Colaboradores: Carolina Roese, Leticia Mariotto, Maria Manuela Bertola, Daniela Meneghelli, Tatiana De Albuquerque, Natasha Morosky.

Cidade Sede: Ouro Preto, MG, Brasil.

Patrocinadores Ouro