Notícias • 21 de novembro de 2018

1.O tema central do EILD 2019 é a comunicação. Que reflexões vocês fazem sobre o tema no contexto do design de iluminação?

SS A definição do dicionário de comunicação está em três partes. Todos são pertinentes ao design de iluminação.

ML Comunicação – a transmissão ou troca de informações pela fala, escrita ou através de algum outro meio.

SS A luz é um meio fantástico para transmitir informações. Podemos usá-lo para contar uma história, explicar a história, criar um clima, transmitir estatísticas ou fornecer informações visuais sobre como um prédio ou um local deve ser usado.

ML Um lighting designer precisa usar a luz para comunicar às pessoas como elas podem usar um espaço.

SS Comunicação – o bem-sucedido transporte ou compartilhamento de idéias e sentimentos.

ML Começamos com um conceito que compartilhamos com um cliente. Essas idéias iniciais são comunicadas a todos os envolvidos em um projeto e, com o tempo, evoluem para um projeto detalhado.

SS Um lighting designer precisa ser capaz de comunicar idéias para que elas possam se tornar realidade.

ML Comunicação – contato social. A luz criou muitas oportunidades para as pessoas se reunirem e compartilharem suas experiências com a luz.

SS Um lighting designer precisa ser capaz de entender que a luz permite que as pessoas se comuniquem umas com as outras.

2.Quais são os métodos de comunicação que, ao longo do tempo, vocês utilizam em seu escritório para comunicar seus projetos? Quais serão os métodos utilizados no futuro? Vocês teriam alguns exemplos?

ML Somos um escritório de duas pessoas, sendo assim nós só precisamos nos comunicar um com o outro antes de compartilharmos nossas ideias com qualquer outra pessoa. Referimo-nos a uma gama diversificada de inspirações para comunicar o que estamos pensando um para o outro. Nós olhamos para qualquer coisa como arte, cinema, arquitetura, tecnologia e livros que compartilham uma abordagem. Em seguida, usamos essas referências para compartilhar nossas ideias com o cliente.

SS A luz é um meio visual e todos têm sua própria visão interna do que estamos descrevendo e pode ser completamente diferente de nós. No passado, usamos a Guerrilla Lighting como uma maneira de comunicar nossas ideias. Isso envolveu a iluminação temporária de prédios com a participação de um grande grupo de pessoas com tochas para mostrar como a luz pode mudar o espaço. Como a luz é um meio tão único, nada melhor do que ver por si mesmo.

ML A fim de comunicar aos outros o que temos trabalhado, o que estamos envolvidos ou apenas o que nos inspirou, nós nos voltamos para o cinema. Acreditamos que o filme é a melhor maneira de capturar a luz, como ela muda e como as pessoas reagem a ela, e nossos filmes, portanto, nos permitem compartilhar nossas experiências com um público mais amplo.

3.Vocês se lembram de algum projeto em que a comunicação foi a chave para o sucesso? Vocês teriam alguma história engraçada para lembrar?

SS
A Light Collective realizou vários projetos nos quais nos comunicamos com a luz. Um deles era Mirrie Dancers, onde usamos código morse pulsado em luz para soletrar um poema no dialeto local.

ML
Outro foi Many Hands Make Light Work, onde pedimos que as pessoas escrevessem palavras com a luz que, quando fotografadas e colocadas juntas, formavam o verso de um poema.

SS
As origens da palavra “Comunicação” vem do francês e do latim, do verbo communicare “compartilhar”. Também nos envolvemos em projetos em que trabalhamos com um grande grupo de pessoas usando a luz para comunicar seus pensamentos a outras pessoas.

ML
Estes incluem Project Resist com projeções de pensamentos das pessoas em um edifício. Dear Light, que usou um efeito de gobo para mostrar as mensagens dos designers para Light e Urban Maykoh, onde usamos espelhos e tochas para refletir a arte das crianças.

4-Qual foi a motivação para aceitar o convite para participar do EILD2019?

ML
Tivemos a sorte de sermos convidados para o EILD 2014 em Medellín, por isso sabemos que o formato do evento EILD tem um sabor especial latino-americano. Adoramos conhecer designers desta parte do mundo, pois eles são muito apaixonados pela luz.

SS
A profissão de design de iluminação aqui não é tão bem estabelecida como na Europa ou nos Estados Unidos, mas, apesar disso, os envolvidos no EILD trabalham duro para criar um recurso educacional incrível e uma comunidade de iluminação conectada que é algo para que os países mais estabelecidos devem se inspirar.

ML
Pretendemos que a nossa contribuição seja algo que tenha ressonância com os designers desta região, em vez de ser uma abordagem europeia. Estamos envolvidos no evento EILD Uruguai de uma maneira muito original e tentaremos adaptar nosso envolvimento ao espírito do evento e do local.